sexta-feira, fevereiro 09, 2018

O QUE LEVAR PARA A MATERNIDADE

Para a ajudar neste momento tão importante, preparámos uma lista para si e para o bebé do que deverá ter já preparado dentro da mala.
Se está na reta final da gravidez, parabéns! Finalmente chegou a hora de preparar as suas coisas e a malinha do bebé para levar para a maternidade. É aconselhável que as malas estejam prontas quando já estiver com 36 semanas de gestação, assim evita stresses nos minutos finais, quando poderá  provavelmente estar em trabalho de parto e completamente focada no que está para vir.

Para a ajudar neste momento tão importante, preparámos uma lista, para si e para o bebé, do que deverá ter já preparado dentro da mala. Com tantos preparativos finais, aconselhamos a imprimir esta lista de items essenciais para não se esquecer de nada. 

PARA SI:

Camisolas ou pijamas com abertura à frente para facilitar a amamentação (pelo menos três, podem-se sujar por causa do sangramento pós-parto);

- Cuecas grandes e confortáveis, de preferência as que já está usa durante a gravidez. Terá de usá-las com grandes pensos higiénicos, seja parto normal ou cesariana;

- Robe para andar pelos corredores do hospital depois do parto e para receber visitas; 

- Chinelos ou sabrinas;

Meias;

- Soutien de amamentação;

- Conchas ou discos para o peito;

- Produtos de higiene pessoal como escova, shampoo, condicionador, sabonete, escova de dentes e pasta e maquilhagem suave;

- Pensos higiénicos:  lembre-se de que é normal sangrar depois do parto. Os hospitais costumam fornecer mas leve pelo menos uma embalagem do tipo noturno, se tiver uma marca preferida;

- Roupas para sair do hospital que sejam largas e bem confortáveis, já que a barriga de grávida não desaparece de um dia para o outro! 

- Relógio de pulso ou telemóvel para controlar as horas das mamadas e avisar a família do grande acontecimento;

- Todo o material necessário para fazer reportagem de vídeo ou fotográfica de um dos momentos mais importantes da sua vida.

PARA O BEBÉ:

Não se preocupe com as fraldas descartáveis, costumam ser cedidas pelas maternidades e hospitais. Terá de levar, pelo menos:

- Produtos de higiene próprios para bebés e todos da mesma marca (caso faça alergia já sabe qual a marca que a provoca e terá de alterar toda a gama) e toalhetes;

- Limas de papel (para limar as unhas e evitar cortes desnecessários); 

- Uma cadeira de automóvel própria para recém-nascidos, também conhecida por “ovo”, para poder levar o seu tesouro para casa;

- 6 Macacões tamanho recém nascido;

- 6 Bodies;

- 6 Calças com pé;

- 1 Manta de algodão;

- 2 Xailes de linha ou lã (pode ser um só, especialmente se estiver calor);

- 2 Casaquinhos de lã, de preferência com botões à frente e que não tenham que passar pela cabeça;

- Fraldas de tecido para apoiar no ombro ao colocar o bebé para arrotar;

- 6 babetes;

- 6 pares de meias, se estiver muito frio;

É muita roupa mas os hospitais pedem roupinhas de reserva para garantir que não há nenhum imprevisto. 

Antes lembre-se de lavar tudo com sabão neutro e de separar as roupas que sejam adequadas para a época do ano. Ao nascer, os bebés precisam ser mantidos a uma temperatura mais quente, mas não exagere nos agasalhos, para não deixar o seu filho desconfortável.  Atenção, as maternidades preferem que os bebés não usem lacinhos nem pulseirinhas, para não se perderem nas trocas.

ATENÇÃO!

Além da mala, não se esqueça de outros objetos essenciais. Faça uma lista e deixe bem visível para verificar, no momento de sair, se não se esqueceu de  nada: 

- Cartão de Identificação de Utente dos Serviços de Saúde e Cartão de Beneficário do Seguro de Saúde;

- Bilhete de Identidade;

- Boletim de Saúde da Grávida;

- Análises, ecografias e outros exames realizados durante a gravidez;


fonte: SAPOLIFESTYLE



***
ISABEL MONTE FOTOGRAFIA - FOTOGRAFIA FINE ART PRÉ-MAMÃ & RECÉM-NASCIDOS
A capturar momentos de pura ternura desde 2009 - Lisboa/Setúbal - Portugal
www.isabelmonte.com | imf.geral@gmail.com

Sem comentários:

Enviar um comentário